Companheirismo que leva
o alto rendimento com
espírito de equipe assumindo
importância no protagonismo
em uma sociedade.

Esta filosofia
está presente
na formação não apenas
de atletas como também
de pessoas.

Power Soccer | O que é?

O Power Soccer ou Powerchair é um futebol de cadeira de rodas motorizada.

O esporte foi criado em 1978, na França, mas só chegou ao Brasil em 2011.

O Power Soccer é o primeiro esporte de equipe competitivo concebido especificamente para ser disputado por pessoas portadoras de deficiências severas (tetraplegia, paralisia cerebral, distrofia muscular, entre outras)

Joga a partir dos seis anos, por ambos os sexos e que sejam usuários de cadeiras de rodas motorizadas, e sem condições para a prática de outros esportes.

O Rio de Janeiro Power Soccer é uma ONG fundada no ano 2014, que representa um time de futebol adaptado em cadeira de rodas.

O seu time profissional de adultos é campeão brasileiro e já participou de vários campeonatos como a Taça Libertadores da América e o Mundial de Clubes.


Para manutenção deste projeto, contamos com importantes parceiros, com objetivo de ajudar no financiamento esta iniciativa.

É uma oportunidade de associar a imagem de sua empresa em uma ação de engajamento nas melhores práticas de responsabilidade social.


Conheça nosso programa sócio torcedor

Programa Sócio Torcedor

Seja um apoiador do bem !! Faça parte desta torcida da Superação!!!
Com você, garantimos a transformação de nosso atletas!!!


Futebol: A Paixão não tem limites!


Responsabilidade Social

Ajudamos com sucesso as famílias na função de transição da criança para seu equipamento de cadeira de rodas, demonstrando maior liberdade e possibilidades sócio esportivas independentes.

Formando Novos Talentos

Os esportes têm um papel fundamental na formação de crianças e jovens, pois desenvolvem conhecimentos, habilidades, valores e posturas que contribuem para um crescimento saudável e para a formação da cidadania e inclusão.

Benefícios

As habilidades estimuladas pelo esporte - tais como raciocinar, exercitar a memória e a linguagem, compreender situações e estratégias - ajudam no amadurecimento social e emocional da criança, bem como na aprendizagem em sala de aula.

Esporte

No esporte é preciso se esforçar, se dedicar ao máximo. É um campo rico de aprendizado, oportunidades e inclusão social.

Próximos Eventos e Treinos


Notícias Recentes


03/12/2019

RJPS é TETRACAMPEÃO BRASILEIRO de futebol em cadeira de rodas

Neste domingo (1º), o Rio de Janeiro Power Soccer Clube tornou-se tetracampeão brasileiro depois de vencer a oitava edição do campeonato nacional. O título foi conquistado após vitória por 2 a 0 sobre o Fortaleza Power Soccer em uma partida disputadíssima. Os gols decisivos foram marcados no segundo tempo por Lucas Dutra, artilheiro do torneio, com sete gols, e Alan Daniel, que marcou o gol que selou a vitória. Com o primeiro lugar, o clube carioca se tornou uma das equipes mais vitoriosas da modalidade no país, com quatro títulos nacionais e um internacional. Durante o campeonato, o time surpreendeu os adversários e espectadores ao utilizar os dez jogadores inscritos na competição, mostrando que é possível oportunizar a todos com o mesmo tempo de jogo e, mesmo assim, manter o nível técnico e conquistar o título. Tal mentalidade, ainda nova no Futebol em Cadeira de Rodas, é o que permitiu que a equipe se mantivesse unida e focada a todo instante e alcançasse suas metas: título, melhor defesa, com nenhum gol sofrido, melhor ataque, com 16 gols, e artilharia. É o que afirma o técnico da equipe Jaime Torres, precursor da ideia. “As rotações, além de serem a tendência do esporte mundial, foram muito importantes para que o nível da equipe continuasse elevado e que a pressão externa não afetasse tanto o desempenho dos atletas. Portanto, a transformação só foi possível pela união de vários fatores positivos e porque cada atleta passou a entender a importância das estatísticas, da equipe, da concentração e do foco para o sucesso do time. E conseguimos nos momentos de estresse, deixar o momento pra trás e pensar na próxima bola e fomos evoluindo, amadurecendo, construindo aprendendo e conseguimos, enfim, chegar ao melhor ano da história do Rio de Janeiro Power Soccer”, explica Jaime. Pedro Henrique, principal goleiro da equipe e considerado por muitos como revelação na I Champions League, foi responsável por erguer a taça de campeão, já que pela primeira vez em sua trajetória no esporte foi capitão da equipe. “Quando levantei o troféu senti uma alegria inexplicável, pois consegui, junto com meus companheiros e comissão técnica, fazer de 2019 o melhor ano da minha vida. É uma honra muito grande ser capitão e poder naquele momento estar representando todos que contribuíram de alguma forma para o sucesso da nossa equipe”, celebra Pedro. A conquista encerra um ano perfeito para o Rio Power Soccer, pois o time conseguiu ser campeão dois campeonatos que participou em 2019: a primeira edição da Champions League, em agosto, e, agora, o VIII Campeonato Brasileiro, e coroa todo o trabalho que foi desempenhado pelos atletas e comissão técnica desde que voltaram aos treinos, em fevereiro.   

Leia mais
26/11/2019

Rio Power Soccer participa do VIII Campeonato Brasileiro de Futebol em Cadeira de Rodas

O Rio de Janeiro Power Soccer Clube entra em quadra neste fim de semana para a disputa do VIII Campeonato Brasileiro de Futebol em Cadeira de Rodas. O evento, que será realizado na Arena 3, no Parque Olímpico da Barra da Tijuca, terá a participação de times da capital fluminense e de Fortaleza e poderá resultar na conquista do tetracampeonato da equipe carioca. Com dez jogadores inscritos e com a mesma comissão técnica que foi campeã em agosto da Champions Cup, a delegação do Rio Power Soccer busca manter o 100% de aproveitamento durante o ano, com a conquista de dois títulos, um internacional e outro nacional. Quem defende essa meta é o técnico Jaime Torres. “Estamos prontos para fazer um bom campeonato e se as vitórias vierem, estaremos coroando o esforço de todos do RJPS feito neste ano. Teremos grande  adversários, o que engrandecerá os jogos e o campeonato. Esperamos chegar ao nosso objetivo, que é o título”, projeta Jaime As partidas serão disputadas em sistema de turno e returno, ou seja, todas as equipes se enfrentarão pelo menos duas vezes, com a realização de uma final entre os dois melhores colocados. O torneio também concede vagas para a próxima Copa Powerchair Libertadores. Rafael Lellis, que foi capitão da equipe na conquista da Champions Cup, acredita no triunfo do time e destaca a qualidade técnica como uma forte vantagem competitiva. “Tenho total confiança que o time possa ganhar mais um título. Eu e meus colegas nos preparamos durante o ano todo e iremos com tudo para mais um campeonato.  Nosso diferencial será no jogo coletivo, no qual cada jogador tem uma grande  importância para equipe. Procuramos focar nos passes para nosso jogo fluir melhor. “, comenta Rafael. O evento terá início às 13h30 de sábado (30) e se encerrará às 15h30 de domingo (1º). A entrada será franca e haverá estacionamento no local.

Leia mais
13/11/2019

Atleta do Rio de Janeiro Bocha conquista bronze pela seleção brasileira

  O atleta Lucas Araújo, do Rio de Janeiro Bocha, conquistou, no começo do mês, (3) o bronze por equipes na categoria BC1/BC2, no Open Mundial realizado em Póvoa de Varzim, em Portugal. A medalha foi alcançado após a seleção brasileira derrotar a equipe russa por 9 a 3, durante a decisão de terceiro e quarto lugares. Convocado frequentemente para disputar torneios internacionais individualmente e por equipes pela seleção brasileira, Lucas conta que ficou muito feliz com a conquista do bronze e sonha em estar nas Paralimpíadas de Tóquio 2020. “Representar meu pais sempre é uma honra muito grande e me sinto realizado a cada convocação. Ainda mais com a conquista do bronze, que foi algo muito importante por se tratar de uma competição de nível mundial, além de ser um excelente teste para Tóquio, já que podemos ver os ajustes necessários para uma boa campanha nesta competição“, conta. “Nesta participo do meu maior desafio do ano: o Campeonato Brasileiro, que acontece entre os dias 13 e 17 de novembro. Estou bem confiante e preparado para fazer uma boa competição e, quem sabe, chegar à Tóquio”, complementa. Além dele, também fizeram parte da conquista do bronze André Luis Barroso, Andreza Vitória, Maciel Santos e José Carlos Chagas. O torneio foi a última competição internacional deste ano. A seleção volta às quadras no ano que vem para o evento teste para as Paralimpíadas do Japão, que será realizado em fevereiro, e para a disputa das Paralimpíadas — na Copa América, realizada em outubro, o Brasil garantiu o direito a nove vagas individuais e para equipe ou duplas.   BISFed 2019 Póvoa World Open – Foto: Claudio Garcia – ANDE – 29/10/2019 Posted by ANDE – Associação Nacional de Desporto para Deficientes on Tuesday, October 29, 2019  

Leia mais
20/09/2019

Rio Power Soccer comemora título da Champions Cup com feijoada

Em comemoração pela conquista da primeira edição da Champions Cup, o Rio de Janeiro Power Soccer Clube realizou, neste domingo (15), a tradicional FeijoAlba, que reuniu atletas, ex-atletas, comissão técnica e familiares, na Zona Sul da cidade. O evento, realizado pelo clube desde 2016, foi idealizado por Alba Valéria, mãe do atleta Bruno Carvalho, que ficou responsável por preparar a deliciosa feijoada e acompanhamentos para servir as cerca de 60 pessoas presentes, que contribuíram com um valor simbólico para que tudo fosse possível. Segundo Alba, apesar de todo o trabalho que a preparação dos quitutes dá, ela se diz honrada e realizada em poder estar retribuindo todos os bons momentos que o clube proporciona a ela e sua família durante todo o ano. “Apesar do trabalho, a FeijoAlba foi preparada com muito carinho para homenagear os atletas e mostrá-los que estamos muito orgulhosos com o feito que eles alcançaram. E nada melhor do que uma refeição como essa para juntar a família Rio Power Soccer todinha”, afirma Alba. Além da comida, o encontro também teve música ao vivo, com a presença dos intérpretes de MPB Luciano Rosa e Guilherme Ligieiro, distribuição de brindes, fotografia, com os nossos apoiadores da Kaptimagem Katarine Almeida e Germando Silva e, é claro, muita conversa e confraternização entre todos os participantes. Recém-chegado ao clube, o experiente jogador de power Soccer Jeronimo Eichler revela ter se maravilhado com a Feijoalba e considera o momento como muito importante para aumentar a união entre a equipe. “Gostei muito da FeijoAlba. Primeiro porque foi muito bem organizado. Segundo porque foi muito legal reunir a galera num ambiente mais descontraído, fora daquele clima de competição. Além disso, foi excelente comemorar o título de um campeonato que nos dedicamos tanto”, conta Jeronimo.          

Leia mais

Power Soccer no Maracanã em 360º!